Capitalismo: Uma História de Amor (2009)

  • 7 de December de 2017
  • 3

Poster

Título Original: Capitalism: A Love Story
Título no Brasil: Capitalismo: Uma História de Amor
Direção: Michael Moore
Gênero: Documentário
Ano de Lançamento: 2009
Duração: 127 min
País: EUA

Sinopse: Em “Capitalismo – Uma História de Amor”, Michael Moore denuncia a forma escandalosa como, durante a presidência de George W. Bush, alguns magnatas por detrás das grandes cooperações norte-americanas enriqueceram vertiginosamente, enquanto milhares de cidadãos comuns perdiam as suas casas face a situações de absoluta ruína financeira. No filme vemos o testemunho de algumas dessas famílias, filmadas na altura em que se livram dos seus pertences, pois entregando as suas casas vazias recebiam um pequeno pagamento. O “cúmulo da humilhação” constata Michael Moore, que denuncia também neste filme a estranha lei que permitiu que grandes empresas fizessem seguros de vida dos seus empregados, não para benefício dos familiares mas das próprias empresas, que receberam o prémio após a sua morte.


DVDRip - 1.38 Gb
Download
BRRip - 4.37 Gb
Download

compartilhe  :)

12 Comentários

  1. WT - 7 de December de 2017

    Oi Ursinho,

    Este documentário não consta na lista dos filmes do Diretor Michael Moore na categoria DIRETORES.

    Espero estar colaborando na manutenção e organização deste MARAVILHOSO, EXTRAORDINÁRIO e ÚNICO site de filmes CULTS.

    Forte abraço.

  2. soares - 8 de January de 2018

    O milionario Michael Moore que lucra horrores graças ao capitalismo, criticando o capitalismo. É como cuspir no prato que comeu. Esses extremistas de esquerdas milionarios são asim mesmo, cisnismo e hipocresia é a marca deles cravadas na testa, dos famosos esquerdas caviar. Socializar os milhoes e os seus bens próprios não, só os bens e fortunas alheias, é o tipico no meu queijo ninguem toca.

    • Matias - 18 de May de 2018

      Vc é burro?? Ele fala dos bancos que pegaram 700 bilhões de dólares do contribuinte e não devolveram! E tb que 1% da população americana está se favorecendo de todo o país e do governo

  3. beatriz - 21 de May de 2018

    ursinho, pode arrumar o link?
    você é demais!!!

  4. Adriano da Silva - 17 de June de 2018

    Oi, Ursinho!
    Nenhum dos dois links estão funcionado.
    Você poderia consertá-los, por gentileza?
    Cara, o teu trabalho é muito importante pra nós.
    Salve, filmescult!
    Abraço!

  5. Lucca - 19 de June de 2018

    Os links deste e do “Where to Invade Next” estão dando erro, não tem como colocar pelo mega?

  6. Alexsandro - 2 de July de 2018

    Boa tarde… tem como corrigir o link do Dvdrip por favor? Obrigado.

  7. Raphael Mendonça - 25 de July de 2018

    Oi, pode por favor respostar? Não tô conseguindo em nenhum dos dois torrents, desde já agradeço!

Deixe um comentário

SOBRE OS LINKS REMOVIDOS: Pessoal, mais uma vez, todos os nossos links foram derrubados. Ainda não sei o que farei após esse segundo nocaute. A princípio, pensei em reupar tudo paulatinamente, e daí comecei pelos filmes do Oscar, mas em pouco menos de 1 dia meu HD já pediu arrego.

Como vocês sabem, no processo de postagem eu sempre baixo um ou mais releases pra verificar quais as condições do arquivo. E esse uso excessivo (afinal, todos os releases postados acabam passando pelo meu HD) acaba, aos poucos, arruinando o HD. E agora, bem, eu preciso reaver mais de 5000 links quebrados.

Eu tinha um backup de todos os filmes, tudo arrumadinho, torrents e legendas separados em pastas por diretores, filmes, décadas, etc, mas, infelizmente, eu o perdi junto com o meu primeiro HD, quando ele foi pro saco. Não penso em encerrar o site dessa vez, até por conta do trabalho que esse danado já me deu, mas preciso de opções..

Pensei em colocar um botãozinho de doação no site, pra ver se consigo juntar o suficiente pra um novo HD. Enquanto isso, não sei o que farei a respeito dos links. Embora, sim, cuidarei da edição especial do Oscar, mesmo com esse problema.

Bem, é isso. Fico o aviso, pessoal. Agradeço a força e a compreensão de vocês.