Dr. Jivago (1965)

  • 15 de julho de 2015
  • 11

Poster

Título Original: Doctor Zhivago
Título no Brasil: Doutor Jivago
Direção: David Lean
Gênero: Drama/Guerra/Épico/Romance
Ano de Lançamento: 1965
Duração: 210 min
País: EUA

Sinopse: O filme conta sobre os anos que antecederam, durante e após a Revolução Russa pela ótica de Yuri Zhivago (Omar Sharif), um médico e poeta. Yuri fica órfão ainda criança e vai para Moscou, onde é criado. Já adulto se casa com a aristocrática Tonya (Geraldine Chaplin), mas tem um envolvimento com Lara (Julie Christie), uma enfermeira que se torna a grande paixão da sua vida. Lara antes da revolução tinha sido estuprada por Victor Komarovsky (Rod Steiger), um político sem escrúpulos que já tinha se envolvido com a mãe de Lara, e se casou com Pasha Strelnikoff (Tom Courtenay), que se torna um vingativo revolucionário. A história é narrada em flashback por Yevgraf de Zhivago (Alec Guiness), o meio-irmão de Yuri que procura a sua sobrinha, que seria filha de Jivago com Lara. Enquanto Strelnikoff representa o “mal”, Yevgraf representa o “bom” elemento da Revolução Bolchevique.


BRRip - 2.48 Gb
DownloadLegenda
BRRip - 7.95 Gb
DownloadLegenda

compartilhe  :)

2 Comentários

  1. JMAbreu - 10 de junho de 2016

    Há momentos nas nossas vidas, que temos dificuldades em nos expressar perante este ou aquele caso.
    Expressar-me sobre esta obra primástica do cinema, fico com a sensação de dizer tudo na nada dizer.
    Uma coisa eu fico com a certeza, Dr. Jivago, faz parte da coluna vertebral da 7.ª Arte, em toda a sua dimensão.
    Do Omar Sharif, a eterna Geraldine Chaplin, Julie Christie, Rod Steiger e Sir Alec Guinness e o ainda desconhecido Klaus Kinski. Todos mereciam o Óscar, embora dos 5 que tivesse ganho, somente o Omar que conseguiu, e outros prémios Internacionais de relevo. Não esquecendo o seu autor Boris Pasternak, a belíssima fotografia e da incomparável trilha sonora de Maurice Jarre, mais uma vez David Lean, e na produção Carlo Ponti. Todo este cenário numa sala de cinema a ver este épico em 70mm é algo que jamais sairá da memória.
    Finalmente dizer isto: Um épico imortal. ! ! ! E um clássico absolutissímo.

  2. Germano Henriques - 23 de setembro de 2016

    Foi só comigo ou mais alguém notou um lag no áudio depois do intervalo (intermission)?

Deixe um comentário

Oi, só pra deixar de aviso, os pedidos pendentes de correção de links já passam dos quinhentos. Logo, se eu demorar pra atender seu pedido por favor não me crucifique mentalmente. :}

SOBRE OS LINKS REMOVIDOS: Pessoal, mais uma vez, todos os nossos links foram derrubados. Ainda não sei o que farei após esse segundo nocaute. A princípio, pensei em reupar tudo paulatinamente, e daí comecei pelos filmes do Oscar, mas em pouco menos de 1 dia meu HD já pediu arrego.

Como vocês sabem, no processo de postagem eu sempre baixo um ou mais releases pra verificar quais as condições do arquivo. E esse uso excessivo (afinal, todos os releases postados acabam passando pelo meu HD) acaba, aos poucos, arruinando o HD. E agora, bem, eu preciso reaver mais de 5000 links quebrados.

Eu tinha um backup de todos os filmes, tudo arrumadinho, torrents e legendas separados em pastas por diretores, filmes, décadas, etc, mas, infelizmente, eu o perdi junto com o meu primeiro HD, quando ele foi pro saco. Não penso em encerrar o site dessa vez, até por conta do trabalho que esse danado já me deu, mas preciso de opções..

Pensei em colocar um botãozinho de doação no site, pra ver se consigo juntar o suficiente pra um novo HD. Enquanto isso, não sei o que farei a respeito dos links. Embora, sim, cuidarei da edição especial do Oscar, mesmo com esse problema.

Bem, é isso. Fico o aviso, pessoal. Agradeço a força e a compreensão de vocês.