Vida Em Família (1971)

  • 12 de dezembro de 2016
  • 1

Poster

Título Original: Family Life
Título no Brasil: Vida Em Família
Direção: Ken Loach
Gênero: Drama
Ano de Lançamento: 1971
Duração: 108 min
País: Reino Unido

Sinopse: Janice Baildon (Sandy Ratcliff) tem 19 anos e vive em Londres com seus pais, que a tratam de maneira abusiva. Ela é considerada uma filha rebelde e está grávida, porém, seus pais a forçam a interromper a gravidez. A jovem passa a agir de maneira mais agressiva e, consequentemente, passa a ser mais maltratada. A partir daí, Janice é tratada como esquizofrênica, passando por tratamentos extremos.

 




  • DVDRip - 1.38 Gb
    DownloadLegenda

    compartilhe  :)

    2 Comentários

    1. Álvaro Barria Maio - 12 de dezembro de 2016

      Caríssimo,
      Lamento o sucedido e toda a trabalheira que está dando a recuperação. Também tive um problema parecido quando um disco externo aonde guardava filmes e legendas desatinou e deixou de ser reconhecido pelo sistema (passou a RAW). Deu para recuperar mas sem os nomes originais (ex: file001, file002, etc) apenas se sabendo se era video ou legenda pela extensão e tamanho. Foi uma trabalheira conseguir identificar filme e legenda (alguns não consegui e simplesmente descartei). Pensei em recodificá-los com a legenda embutida (com o título indicado logo ao princípio), mas acabei por usar só o formato MKV (open source da Matroska no qual podemos referir o nome do filme e inserir legendas. É o que tenho vindo a fazer a todos (MP4,AVI, etc) e mesmo os já MKV mas com as legendas à parte. Encontrei este programa https://mkvtoolnix.download/downloads.html , que cumpre todos esses requisitos com facilidade. Espero que sirva, isso no caso de ainda não conhecer.
      Que tudo volte à sua normalidade são os meus votos.
      Saudações cinéfilas lusitanas
      (O player que uso é o VLC, também open source)

      • Ursinho - 17 de dezembro de 2016

        Opa, Álvaro! O que mata nesses problemas é que eles sempre pegam a gente desprevenido, malditos. E é, de fato, um suor danado pra consertar, risos. Agradeço pela força e pelas dicas!
        Um abraço, cara!

    Deixe um comentário